sábado, 26 de outubro de 2013

EXPERIÊNCIAS EXITOSAS EM SAÚDE COLETIVA - SALVADOR REALIZA FEIRA DA SAÚDE BUCAL


Hoje o Blog do Professor Edélcio Anselmo exibe uma experiência desenvolvida em Salvador/Bahia que vem acentuar a importância do Trabalho em Equipe nas Ações de Saúde Bucal.
Veja o relato da TSB Girleide Araujo de Souza:



"O objetivo da Feira de Saúde Bucal na Unidade de Saúde Canabrava em Salvador/Bahia, teve como propósito a  comemoração do Dia do Cirurgião Dentista e o Dia das Crianças, além de ampliar o acesso da comunidade à Saúde Bucal, levando o conhecimento sobre a Odontologia na Estratégia de Saúde da Família (ESF).
O evento contou com o apoio do nosso Gerente e das equipes e colegas e com a colaboração da ABO-Ba. Entre os temas abordados destaca-se o funcionamento da Odontologia na Atenção Básica; as especialidades odontológicas e seus procedimentos; as atribuições dos integrantes da equipe; a biossegurança na utilização de materiais, instrumentais e equipamentos na prática odontológica e a desmitificação do medo e ansiedade da Odontologia.

 

Ações educativas de promoção de saúde e prevenção de agravos também foram realizadas, enfatizando a importância do uso do Flúor, e esclarecendo onde pode ser encontrado e como deve ser utilizado; o incentivo da escovação e o uso do fio dental; a dieta alimentar como fator saúde e a importância do auto- exame bucal na prevenção do câncer de boca.

A realidade da Odontologia Pública Brasileira vem resignificando seus valores e práticas, considerando que é uma Ciência da Saúde. A todo o tempo ocorrem transformações em sua prática se distanciando cada vez mais da odontologia tradicional, que se caracteriza pelo modelo biomédico e individual. Portanto, as práticas educativas em saúde bucal são uma forma de acesso e é de grande importância, pois possibilita uma aproximação maior da Odontologia com a comunidade.

 

A aplicação dessas metodologias permite que os usuários tenham uma visão da Odontologia Pública e seus impactos para a promoção da saúde e prevenção de agravos, a conscientização de que a melhoria nos hábitos alimentares e de higiene é uma potencialidade, assim como o esclarecimento de que os procedimentos odontológicos não vão gerar dor e sofrimento. Contudo, é possível concluir que ainda é um grande desafio concretizar os princípios do SUS, visto que a cobertura dos serviços públicos odontológicos ainda é baixa e a complexidade da mudança de hábitos é grande. Mesmo assim, quem acredita tem paciência, persistência, dedicação, e amor, busca incansavelmente, conhecimentos para conquistar uma Atenção em Saúde Bucal pública de qualidade."

 
  Lizzia Moura Ferreira
Cirurgiã-Dentista de Lauro de Freitas-BA
Especialista em Saúde da Família pela Residência Multiprofissional em Saúde da Família- SESAB/ EBMSP/ SOC. HÓLON
Especialista em Saúde Coletiva (R3) pela Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva- SESAB/SUPERH/EESP
Mestranda em Saúde Coletiva pela UEFS

Girleide Araújo de Souza
Técnica em Saúde Bucal de Salvador -BA.
Socorrista- TEMPO APH
Aluna do Curso de Tecnólogo em Segurança do Trabalho pela UNIJORGE 

 

 

Um comentário:

  1. Cristina D. Ortins27 de outubro de 2013 18:15

    Parabéns Gil (Girleide), você é um exemplo!!!! Sucesso e felicidades na nova ESB/ESF!!!

    ResponderExcluir