sábado, 31 de março de 2012

1º ENCONTRO NACIONAL DE ASB E TSB

A classe dos Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal estará reunida novamente em mais um grande evento. Após o sucesso do 1º CIATESB - Congresso Internacional de Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal realizado em São Paulo em outubro de 2011, os ASBs e TSBs terão uma nova oportunidade de assimilarem novos conhecimentos e trocarem experiências com a realização do ENAT 2012 - Encontro Nacional de ASB e TSB nos dias 18 e 19 de maio no Rio de Janeiro.
O evento é uma promoção da CEO GROUP - Comunicação e Eventos com apoio institucional da ABORJ - Associação Brasileira de Odontologia - Seção Rio de Janeiro e CRORJ - Conselho Regional de Odontologia do Rio de Janeiro, onde os ASBs e TSBs atuantes no serviço público e privado serão os grandes protagonistas.
Sob a presidência do Dr. Paulo Murilo Fontoura Junior, Diretor de Congressos da ABORJ e com a consultoria científica da Dra. Lusiane Borges, Presidente da Biológica - Consultoria em Saúde, a Comissão Organizadora programou uma grade científica com 13 conferências qua abordarão temas importantes para o aprimoramento profissional  do Pessoal Auxiliar em Odontologia. À frente dessas conferências estarão grandes personalidades que atuam na capacitação e formação desses profissionais.

Veja no quadro abaixo os detalhes do evento:

DATA: 18 e 19 de Maio de 2012

HORÁRIO: 9h00 às 18h30

LOCAL: ABO-RJ - Rua Barão de Sertório, 75 Rio Comprido, Rio de Janeiro - RJ CEP: 20261-050

SECRETARIA DO EVENTO (INFORMAÇÕES e INSCRIÇÕES): (21) 3529-3089 ou e-mail: enatrio2012@gmail.com

INSCRIÇÕES - PRAZOS E VALORES

Até 20/04 = R$ 100.00

Após 20/04 = R$ 140,00

No evento = R$ 180,00

Obs. As inscrições são permitidas apenas aos ASBs e TSBs.

Grade científica, ficha de inscrição e outras informações:
Site oficial do ENAT 2012

sexta-feira, 30 de março de 2012

MOTIVAÇÃO PROFISSIONAL - MUDANÇAS E CRESCIMENTO

Foi excelente a participação da professora Dra. Maria Regina Amorim na reunião conjunta dos Departamentos de Odontologia em Saúde Coletiva e de Apoio ao ASB e TSB na Associação dos Cirurgiões Dentistas da Baixada Santista.
Abordando o tema "Motivação Profissional - Mudanças e Crescimento",  Regina incentivou os presentes na reunião à uma grande reflexão sobre os motivos que levam os profissionais da área odontológica e de qualquer outra área de atuação a reverterem os desencantos com o estado atual de coisas que se reflete em em todas as instâncias profissionais.
O enfrentantamento desses problemas, segundo Regina, passa pela necessidade de se promover mudanças para que a motivação humana que se baseia numa combinação de expectativas, esperanças, atitudes e valores que iniciam, regulam e mantém o comportamento, possa ser restabelecida.
A quebra de paradigmas, a necessidade de lideranças eficientes, a confiança mútua entre os membros de uma equipe e a delegação de funcões são, segundo a nossa ilustre mestra, condições indispensáveis para que as mudanças ocorram de forma a atingir os objetivos e metas traçados.
Porém, o ponto inicial, o primeiro degrau da escada é a auto-análise e a auto-mudança, primeiramente com uma busca individual que possa reverter em transformações que tragam reflexos no trabalho em equipe , que motivada alcançam resultados positivos, tanto individuais como coletivos.
Com isso, pessoas mais felizes e satisfeitas com a sua vida profissional formam uma equipe coesa e centrada na realização de projetos que beneficiam diretamente o objeto do trabalho: a clientela.
É muito comum na época atual, a promoção de reciclagem técnica atravésde eventos quase que, exclusivamente voltados para a divulgação de altas tecnologias, às vezes até irreais para a maioria dos profissionais, que na realidade necessitam de renovação de conceitos básicos da motivação humana.
Foi com esse intuíto que convidamos a professora Regina, que além de ser cirurgiã-dentista e pedagoga, com a sua grande experiência de vida e capacidade ímpar de pesquisadora, conseguiu sensibilizar a platéia presente à reunião.



É esse o principal objetivo das reuniões mensais desses dois departamentos da  ACDBS, resgatar a dignidade profissional daqueles que atuam na área odontológica, independente do seu grau de escolarização e do setor em que atuam: público ou privado.

Parabéns à querida amiga Regina, por mais essa brilhante performance!

Transcrevo aqui a mensagem final da palestra:

"SUCESSO É A CAPACIDADE DE ESTAR FELIZ CONSIGO MESMO"

William Shakespeare.

quinta-feira, 29 de março de 2012

A OUTRA FACE DO CIRURGIÃO DENTISTA VIII - SHEILA OLIVEIRA CORREA

Sheila Oliveira Correa é bacharel em Odontologia, formada pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo (São Bernardo do Campo/SP) em 2003. Em paralelo, trabalhou na mesma Instituição na área de Segurança Patrimonial e do Trabalho e sempre teve preocupação com a saúde e segurança do trabalhador, tendo feito vários cursos relacionados à área. Ainda como funcionária, já mostrava interesse pela área acadêmica. Trabalhou como Auxiliar na Faculdade de Psicologia e como Assistente de Coordenação no Núcleo de Formação Cidadã, ambas na Universidade Metodista.
Desde o segundo ano da graduação, quando teve contato com a disciplina Odontologia Preventiva e Saúde Pública I, já sabia o que queria: atuar no serviço público, mais precisamente no Programa de Saúde da Família (hoje, Estratégia de Saúde da Família) e nunca pensou em ter consultório próprio. Foi “amor a primeira vista”! Já formada, foi professora colaboradora desta disciplina e monitora de duas outras, relacionadas a projetos sociais.
Durante a graduação, Sheila participou de eventos acadêmicos e, em 2004, foi convidada pela Universidade Metodista, em parceria com o Colégio Emilie de Villeneuve (São Paulo), para participar do Projeto Piauí, realizado na Comunidade Boa Nova, no município de Oeiras, sertão do Piauí, onde mais de trinta voluntários (entre alunos e profissionais), de diversas áreas, atenderam, em oito dias, 1075 pessoas vindas de 27 comunidades diferentes.


Em 2004, teve uma breve experiência no serviço privado, porém sua paixão sempre foi a Saúde Pública. Neste mesmo ano, lecionou como professora eventual pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.
Atuou na Estratégia de Saúde da Família de 2006 a 2009, como cirurgiã-dentista, ESB modalidade I, pela Prefeitura Municipal da Estância Balneária de Itanhaém (Baixada Santista).
Quando a oportunidade surgiu (2007), Dra. Sheila não teve dúvida: ingressou no curso de especialização em Saúde Coletiva pela Faculdade de Odontologia e Centro de Pós-graduação São Leopoldo Mandic, primeiro lugar em Odontologia no país, segundo o MEC, em 2008
Defensora do Aleitamento Materno é Conselheira em Amamentação e já participou de várias campanhas.
Possui capacitação em Tratamento do Tabagismo no SUS, pelo CRATOD - Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (São Paulo), tendo acompanhado vários usuários, durante o período que trabalhou em Itanhaém.
Já ministrou vários cursos de capacitação para funcionários da Saúde e Educação e vivenciou diversas experiências em ações para Educação em Saúde Bucal.


Além do constante aprimoramento profissional, o voluntariado é uma de suas bandeiras, tendo participado de eventos envolvendo a Saúde Bucal, em vários espaços, como instituições religiosas, associação de bairro, Escola da Família (Programa do Governo do Estado de São Paulo) entre outros. Este ano, mais precisamente em maio, participará voluntariamente de duas palestras: uma direcionada à crianças, sobre Higiene Bucal, e outra aos adultos, sobre Câncer Bucal, pela campanha da Fraternidade 2012, cujo tema é “Fraternidade e Saúde Pública”.

Com relação à sua outra face, além da vida profissional como Cirurgiã-Dentista, Sheila se incorporou definitivamente à área docente no início de 2008 quando foi convidada pela professora Maria Regina da Silva Amorim a assumir a disciplina de Biossegurança no curso de capacitação para Auxiliares em Saúde Bucal na Associação dos Cirurgiões Dentistas da Baixada Santista - Regional APCD. No mesmo ano passou a incorporar o corp docente do Instituto Educacional Lupe Picasso / Dom Bosco - Santos, como responsável pela disciplina de Biossegurança no curso de formação Técnicos em Saúde Bucal. Em 2011assumiu as disciplinas de Cariologia e Odontologia Legal desse mesmo curso e também começou a ministrar Biossegurança no curso de formação de Técnico em Prótese Dentária do mesmo Instituto.


Além de lecionar em Santos, Dra. Sheila já ministrou aulas de diversas disciplinas no curso de Auxiliar em Saúde Bucal, sob a coordenação da Dra. Lusiane Camilo Borges, nas seguintes instituições: ANEO Santo Amaro, ANEO Vila Mariana, APCD São Bernardo do Campo e ABO São Paulo.

A par do envolvimento com o ensino técnico em odontologia, Sheila foi a idealizadora e assumiu como primeira presidente da Comissão Interna de Biossegurança, da ACDbs, como também, ingressou como membro de outros dois departamentos desta mesma Instituição, sendo os de Odontologia em Saúde Coletiva e o de Apoio ao ASB e TSB.

Atualmente, é colaboradora da APS Santa Marcelina, em Guaianazes, na Estratégia de Saúde da Família, responsável por quatro Equipes de Saúde da Família. Como ela mesma diz, “Mais uma conquista, um sonho realizado!”.
Participa ativamente de eventos relacionados ao fortalecimento da regulamentação do exercício das profissões de Auxiliar em Saúde Bucal e Técnico em Saúde Bucal (Lei 11.889, de 24 de dezembro de 2008).

A Biossegurança é sua marca na atualidade e, em detrimento disso, é convidada a participar de eventos e capacitações ligados à Odontologia, como aconteceu no V MEETING DE ESPECIALIDADES, em Santos, e no Ciclo de Atualização do Programa Aprendendo com Saúde, através da SPDM - Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, entidade mantida pela UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo, no último ano.


Mas, demonstrando a sua paixão pela desmonopolização do saber e a necessidade de aprimoramento constante, a nossa ilustre colega e amiga está iniciando o curso de Especialização em Prevenção e Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde, pela UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo e, em conversa recente, demonstra estar muito animada com essa nova fase. “É muito bom voltar aos bancos escolares!”.

Como recompensa à toda a dedicação que oferece aos alunos dos cursos em que atua , no ano passado Sheila  foi escolhida como patronesse na formatura da 3ª Turma de Técnicos em Saúde Bucal do IELP e ACDBS, um coroamento na sua curta, mas brilhante carreira de professora.


Além disso tudo é muito bom contar com a sua valiosa colaboração na condução do DOSC e DAATSB, e a sua vibrante participação na organização de eventos voltados para a Saúde Bucal Coletiva e varorização do pessoal auxiliar em odontologia.


Por toda essa bela história de vida profissional, Sheila merece figurar no rol das personalidades importantes  apresentadas no Blog do Professor Edélcio Anselmo!






segunda-feira, 26 de março de 2012

Secretário recebe vereador de Santos, Braz Antunes e representantes do CROSP, APCD e SPO


O Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa, esteve reunido nesta sexta-feira (23) com o vereador santista e Presidente da Associação dos Cirurgiões Dentistas da Baixada Santista, Braz Antunes Mattos Neto e com o presidente do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (Crosp), Emil Adib Razuk, para discutir a proposta de criação de uma linha de crédito, por meio da “Nossa Caixa Desenvolvimento”, específica para profissionais da área. O objetivo é facilitar a aquisição de novos equipamentos odontológicos, incentivando a modernização dos consultórios.
O pedido, segundo Razuk, visa, sobretudo, garantir atendimento de maior qualidade para a população -, além de auxiliar profissionais recém-formados a ingressarem no mercado. O presidente também disse que a medida deverá contribuir para movimentar ainda mais a economia, já que a maior parte das empresas que produzem materiais odontológicos no País está concentrada no Estado de São Paulo.


“Profissionais iniciantes demoram, no mínimo, seis meses para conseguir comprar todo o material e realizar as instalações fundamentais para o funcionamento do estabelecimento. Além disso, há equipamentos de alta tecnologia, como o raio-x digital – que oferece menos risco à saúde da população -, que deixam de ser adquiridos devido ao alto custo”.
O secretário Paulo Alexandre deverá se reunir com os representantes da “Nossa Caixa Desenvolvimento” para discutir a possibilidade da criação da linha de crédito. “São Paulo é o estado do empreendedorismo e o Governo deSão Paulo vem trabalhando cada vez mais neste sentido, pois sabe da importância de oferecer suporte para que os empreendedores possam se desenvolver”, disse.
Também estiveram presentes na reunião o presidente da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, Adriano Forghieri, o presidente da Associação Brasileira de Ortodontia, Luciano da Silva Carvalho, o presidente da Sociedade Paulista de Ortodontia, Jairo Corrêa, e o delegado da Seccional da Baixada Santista do Crosp, José Mário de Mattos Baldo.
Durante a reunião o Vereador Braz Anunes, que representa a ACDBS na Agência Regional de Saúde da Baixada Santista entregou um exemplar da "PROPOSTA DE VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE BUCAL E AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA".

Esse documento foi elaborado por um Grupo Técnico do Departamento de Odontologia em Saúde Coletiva da ACDBS coordenado pelo Dr. Edélcio Francisco Anselmo e composto por representantes municipais da área de saúde bucal: Dr. Alcino Golegâ (Santos), Dra. Daniela Scachetti ( Peruíbe) Karen Takashira (Praia Grande), Dra.Loty Rosana Cichello (Cubatão), Dra. Maria José Cimino (São Vicente), Dr. Mauricio Rangel (Itanhaém) e Dra. Renata Freitas (Guarujá).

O documento encadernado em forma de livro foi encaminhado ao Secretário de Estado da Saúde, Dr. Giovanni Guido Cerri, ao Presidente da Agência Regional de Saúde, Dr. Davi Uip e ao Diretor Técnico do Departamento Regional de Saúde IV de Santos, Dr. Marco Botteon Neto.
Estão inseridos nessa proposta os seguintes projetos:

• CRIAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS REGIONAL (PCCS) ÚNICO PARA OS MÉDICOS E CIRURGIÕES DENTISTAS VINCULADOS À CARREIRA PÚBLICA.


• PROJETO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA OS PROFISSIONAIS DA SAÚDE BUCAL COM PARCERIA ENTRE A ACDBS E AGÊNCIA REGIONAL DE SAÚDE.

• REALIZAÇÃO DE LEVANTAMENTO EPIDEMIOLÓGICO DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE BUCAL REGIONAL.

• READEQUAÇÃO DAS UNIDADES DE SAÚDE BUCAL INCORPORADAS ÀS UNIDADES DE SAÚDE DE TODOS OS MUNICÍPIOS COM INVESTIMENTOS DE RECURSOS FINANCEIROS ESTADUAIS REPASSADOS À ARS PARA A AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS.

Com esse documento, a ACDBS cumpre um o seu papel de colaborar para a valorização da classe odontológica!



domingo, 25 de março de 2012

PALESTRA SOBRE BIOSSEGURANÇA NO PROGRAMA APRENDENDO COM SAÚDE

Continuando com postagens à respeito do programa Aprendendo com Saúde, hoje quero me referir à participação  da querida amiga Profa. Dra. Sheila Oliveira Correa no Ciclo de Atualização da Equipe de Saúde Bucal desse importante programa da Prefeitura de São Paulo.
E como eu não pude acompanhar a nossa mestra, nada melhor que inserir as suas próprias palavras que retratam bem a sua participação.
Saudações biosseguras!


Como o Prof. Edélcio publicou, em 22/12/2011, às vésperas das festividades natalinas, fui a segunda integrante do corpo docente dos cursos de Formação em TPD e TSB e Capacitação em ASB do Instituto Educacional Lupe Picasso Dom Bosco de Santos e da ACDbs, respectivamente, a participar do Ciclo de Atualização, da Equipe de Saúde Bucal do Programa Aprendendo com Saúde, sob a responsabilidade da Dra. Fernanda Rodrigues, palestrando sobre o tema “Biossegurança na Odontologia: Atualizações e Inovações”.



Plateia cheia! Cerca de 65 profissionais entre Cirurgiões-Dentistas,Técnicos e Auxiliares em Saúde Bucal que prestam serviços à Prefeitura de São Paulo através da SPDM - Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, entidade mantida pela UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo.


Fora uma experiência e tanto! Recepção calorosa, acolhimento amigável, participação em peso!


Abordei assuntos, como: riscologia, principais doenças passíveis de transmissão, higienização das mãos, imunização, paramentação/EPI – equipamento de proteção individual, processamento de artigos (desinfecção e esterilização), monitoramento do processo de esterilização, restrição do uso do glutaraldeído, acidente com material biológico e descarte seguro de resíduos.



Biossegurança em Odontologia é um assunto cada vez mais importante e a atualização se faz necessária. Uma equipe bem preparada e atualizada, com certeza, é uma das estratégias para o sucesso da Saúde Bucal, seja no âmbito privado ou público. E no Aprendendo com Saúde, percebi que a Biossegurança é o “carro chefe” da equipe. Estão todos de parabéns!!! Como pode com tão poucos recursos, oferecerem atendimento de qualidade, dentro daquilo que se propõe? A educação continuada é o caminho para a atualização e esta foi uma oportunidade para reforçar conceitos, reciclar informações, aprender mais sobre o assunto e, acima de tudo, trocar muitas experiências (ponto forte da palestra!). Todos aprendemos!”. Deve-se estar atento às novidades e, principalmente, sobre a legislação. Atender à legislação, agir com bom senso e primar pela própria saúde e a do paciente são os segredos do trabalho com biossegurança.


Deixo meu agradecimento ao Prof. Edélcio, pela lembrança em compor a equipe de profissionais nesta capacitação e, à equipe da Dra. Fernanda Rodrigues, Coordenadora da Área de Saúde Bucal, pelo convite. Espero contribuir em eventos futuros sempre em parceria pelo desenvolvimento e valorização da classe odontológica e por uma Saúde Bucal de qualidade e acessível a todos.


Quero parabenizar à Dra. Fernanda Rodrigues, e a todos que estão ligados direta ou indiretamente ao Programa Aprendendo com Saúde, pela preocupação em oferecer saúde bucal visando a promoção, a prevenção, sem abrir mão da assistência, mas com uma assistência realizada com paixão e dedicação, não se importando com as dificuldades e as limitações, deixando o cansaço de lado ao ver o sorriso dos pequenos. Isso não tem preço!!! Parabéns, também, por perceber a necessidade da atualização dos conhecimentos. Que outros sigam este exemplo!!!


Agradeço também à Dra. Camila Fragata Chicaro por me formular o convite para participar de evento tão importante, através do meu querido amigo, colega de trabalho e mestre no labor e na vida, Prof. Edélcio.

Faço uso das palavras do Prof. Edélcio: “Parabéns, também, à toda a Equipe de Saúde Bucal pela excelência do programa”.

Contem comigo, SEMPRE!

Um grande beijo e obrigada por esta oportunidade ímpar!

Eu é que lhe dou os parabéns, minha querida amiga, por mais uma vez mostrar a sua capacidade e competência devidamente reconhecida pela equipe do Aprendendo, e lhe agradecer por ser umas minhas grandes parceiras nessa nova fase da minha vida profissional!

sábado, 24 de março de 2012

ODONTOLOGIA EM DESTAQUE II - OCM - ODONTOCLÍNICA CENTRAL DA MARINHA - PARTE I


O segundo tema da série ODONTOLOGIA EM DESTAQUE me leva a contar a história de uma das mais tradicionais instituições odontológicas oficiais brasileiras, a Odontoclínica Central da Marinha.
A OCM é um Órgão Técnico de Execução pertencente ao Subsistema Assistencial do Sistema de Saúde da Marinha voltada ao atendimento dos pacientes em nível secundário. Entende-se por nível secundário os procedimentos que, para serem executados, necessitem de Cirurgiões-Dentistas especializados e recursos tecnológicos apropriados. Esta definição está de acordo com a DGPM-401 2ª Revisão, onde são apresentadas as normas para assistência médico-hospitalar no âmbito da Marinha do Brasil. Por esta razão os pacientes, exclusivamente militares da MB e seus dependentes, que procuram a OCM deverão portar encaminhamento das diversas Unidades de Saúde da Marinha onde inicialmente receberam atendimento em nível primário.

O Objetivo maior da OCM é oferecer de forma técnico-científica o melhor atendimento aos pacientes. Para tanto, são envidados esforços os mais diversos, que incluem cursos de aperfeiçoamento no âmbito naval e em instituições civis, investimentos em tecnologias modernas que atendam aos requisitos do Sistema de Saúde da Marinha, cuidado com a higiene e conforto das dependências físicas do prédio e das salas de espera, planejamento e execução de programas de prevenção odontológica e a assistência odontológica em nível secundário de natureza preventiva, curativa e reabilitadora.

Histórico
Sob o nome de Odontoclínica Naval, foi inaugurada em 7 de setembro de 1935 por decreto assinado pelo Exmo. Sr. Presidente da República do Brasil Getúlio Dorneles Vargas e pelo Exmo. Sr. Ministro da Marinha Almirante Protógenes Pereira Guimarães. Sua primeira localização foi no Laboratório Central da Marinha, equipada com 4 (quatro) consultórios odontológicos.

  Sede da primeira Odontoclínica.

Em 1937, atendendo a crescente demanda, transferiu-se para o prédio fronteiriço à Ilha das Cobras, onde ficou até 1983.

Sede da segunda Odontoclínica.


A Alta Administração Naval, observando a necessidade de promover melhor adequação ao atendimento odontológico na Marinha, julgou por bem construir uma nova Odontoclínica, dotando suas instalações com equipamentos eficientes e modernos. Em 15 de Julho de 1983 foi inaugurada a atual Odontoclínica Central da Marinha, que dispõe de oitenta e um consultórios, distribuídos em três pavimentos, localizada no centro do Rio de Janeiro.

Sede atual da OCM

Em função do trabalho de equipe, silencioso, perseverante e profícuo dos profissionais Cirurgiões-Dentistas Militares ao longo de todos estes anos, podemos afirmar com segurança que a Odontoclínica Central da Marinha desfruta do mais sólido conceito perante as demais instituições odontológicas do País.

















sexta-feira, 23 de março de 2012

Palestra na ACDBS: MOTIVAÇÃO PROFISSIONAL - MUDANÇAS E CRESCIMENTO

Na próxima terça-feira, dia 27 de março de 2012, os Departamentos de Odontologia em Saúde Coletiva e de Apoio ao ASB e TSB da Associação dos Cirurgiões Dentistas da Baixada Santista - Regional APCD, promoverão mais uma reunião conjunta com palestra sobre o tema "Motivação Profissional: Mudanças e Crescimento".
A palestra será proferida pela professora Maria Regina da Silva Amorim, Cirurgiã- Dentista, Pedagoga e Coordenadora dos Cursos de Auxiliar em Saúde Bucal, Técnico em Saúde Bucal e Técnico em Prótese Dentária da ACDBS e Instituto Educacional Lupe Picasso de Santos.
A professora Regina, abordará um tema bastante relevante num momento em que a desmotivação impera na classe odontológica, tanto à nível de serviço público onde os salários precários e as má-condições de trabalho determinam o desestímulo para o trabalho, como no setor privado onde os cirurgiões-dentistas ficam à mercê de planos odontológicos que aviltam desenfreadamente a nobre profissão.
Essa desmotivação e insucesso financeiro acaba extrapolando também para a equipe auxiliar que acaba se inserindo num contexto de baixa remuneração e ausencia de estímulo.
Para enfrentar essas barreiras que vem tranformando a profissão odontológica num verdadeiro celeiro de frustrações, há necessidade de mudanças de paradigmas e adoção de medidas que resultem na união da classe em prol da consecução de objetivos que determinem a reorientação de atitudes. E, essa mudança tem que partir, primeiramente, de dentro de cada profissional para em seguida produzir reflexos num trabalho de equipe orientado para produzir as mudanças necessárias com rota direcionada ao sucesso.
É essencial, então que as entidades classistas que investem maciçamente em eventos voltados para o aprimoramento profissional e divulgação de altas tecnologias, passem a debater assuntos que permitam o resgate da dignidade profissional tão combalida nos dias atuais.
É este importante papel que os dois Departamentos da ACDBS citados acima, está procurando exercer em benefício da classe odontológica, ao promover eventos direcionados à valorização profissional.
Esperamos que esta reunião atraia um número grande de CDs, TSBs, ASBs, TPDs, APDs e outros profissionais de apoio ao exercício da odontologia na baixada santista e que sirva como divisor de águas na luta contra os predadores desse ramo importante da saúde.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Municípios vencedores do Prêmio Brasil Sorridente/2012




Foram escolhidos, durante reunião realizada nos dias 15 e 16 de março na sede do CFO, no Rio de Janeiro, os municípios vencedores da edição de 2012 do Prêmio Brasil Sorridente.
O Prêmio Brasil Sorridente agracia municípios brasileiros de acordo com três categorias distintas. Na edição deste ano, foram escolhidos: Itanhandu (MG), vencedor entre os municípios com até 50 mil habitantes; Corumbá (MS), vencedor entre os municípios entre 50 mil e 300 mil habitantes; e Curitiba (PR), vencedora entre os municípios com população superior a 300 mil habitantes.
A escolha foi feita pela Comissão para Análise dos Municípios Candidatos ao Prêmio Brasil Sorridente do CFO, que esteve reunida para avaliar criteriosamente os documentos entregues ao CFO pelos Conselhos Regionais de Odontologia referentes aos municípios concorrentes ao prêmio. A entrega do prêmio ocorrerá no dia 14 de abril no Rio de Janeiro durante a solenidade comemorativa do aniversário de criação dos Conselhos de Odontologia.
Estiveram presentes na reunião o conselheiro federal e presidente da comissão, Mário Tavares Moreira Júnior, e os membros: o presidente do CRO-Sergipe, Augusto Tadeu Ribeiro Santana, o presidente do CRO-Ceará, Marlio Ximenes Carlos, a conselheira federal Maria Rita Ibañez de Lemos e os cirurgiões-dentistas César José Campagnoli e Marcos Benedito Fava.

Fonte: CFO

quarta-feira, 21 de março de 2012

A OUTRA FACE DO CIRURGIÃO DENTISTA VII - AMILTON COSTA

Desta vez vamos fazer uma viagem até o nordeste brasileiro, mais precisamente à belíssima capital do Estado do Ceará, a nossa querida Fortaleza, onde fomos encontrar o nosso colega e amigo virtual, Dr. Amilton Costa que se enquadra perfeitamente nesta série que mostra as outras qualificaçoes do Cirurgião Dentista, além das atividades relacionadas à sua profissão.


O nosso personagem de hoje é cirurgião-dentista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC).
Em continuidade à carrreira universitária, optou por fazer especialização em Saúde Pública, e logo em seguida mestrado em Saúde da Família, e procurou unir a prática com o trabalho na Estratégia de Saúde da Família e a teoria pelo lado acadêmico com pesquisas e docência, tornando-se então professor universitário.
Porém, durante todo o tempo dedicado à profissão, nunca deixou de realizar atendimentos, sempre em consultórios públicos, embora no início tenha trabalhado em consultórios particulares, mas decididamente, segundo a sua ótica, as políticas públicas instigam a olhar diferente para a Odontologia e entender que, precisamos, enquanto cirurgiões-dentistas, trabalharmos para reorientar o modelo de atenção pautado no individual e curativo, para ações de promoção da saúde, trabalho interdisciplinar, e ancorado nas bases do SUS.
Amilton conta que a sua escolha pela odontologia aconteceu muito por acaso, já que na época não se identificava com a proposta do curso, achava tudo muito limitado e a sensação de ficar trancado num consultório o angustiava. Mas escolheu na última hora, na hora mesmo de fazer o pagamento da taxa de inscrição do vestibular, e nada foi planejado, simplesmente ouviu sua voz interior, naquela hora, e escolheu Odontologia. "É muito complicado você colocar nas mãos de um adolescente uma escolha que poderá mudar sua vida, para melhor ou não. Nos primeiros semestres de aula até passou pela minha cabeça desistir de tudo, mas logo um mundo de possibilidades foi se descortinando na minha frente, e vi que eu não precisaria ficar trancado num consultório,  foi quando encontrei a Saúde Bucal Coletiva, e toda uma infinidade de caminhos a serem percorridos com pesquisa, projetos na área social, etc." diz Amilton.
Porém a sua natureza de gostar de escrever e contar histórias, levou-a a enveredar pelos caminhos da literatura. Assim, por conta da infinidade de personagens que cruzavam seu caminho, muitas vezes logo ao chegar em casa começava a escrever imediatamente porque provavelmente mais tarde nem ele mesmo acreditaria no que acabara de acontecer. Criou, então o Blog De Boca Aberta, que mais tarde o inspiraria a lançar um livro.
Aí nasceu o livro "De Boca Aberta" publicado pela editora Clube dos Autores, com uma coletânea de histórias de vidas e experiências que ouviu e viveu dos pacientes que sentaram na cadeira odontológica durante todo este tempo, nas mais diferentes cidades. São dez anos de muitas histórias que realmente aconteceram, sendo apenas fictícios os nomes dos personagens.
Diz Amilton sobre o livro: "Costumo dizer que todos os personagens me marcaram profundamente. O livro também é parte de minha vida, foi através deles, dos pacientes, que aprendi a ouvir mais as pessoas, a desenvolver minha paciência e entender que ali, na minha frente, existe um ser humano que possui uma trajetória muitas vezes negligenciada por inúmeras iniquidades. A história de Carlos que foi abandonado e sofria violência familiar serve de exemplo, não somente para todos os cirurgiões-dentistas, mas, enfim, para todos os profissionais de saúde, para que olhem além do número, além da doença, e enxerguem ali na sua frente, um ser humano, uma vida cheia de possibilidades. E enxergar a saúde bucal como parte inerente às condições sociais, culturais, econômicas, políticas e espirituais nos abre a possibilidade de ver além da boca."

Enfim,  meus amigos e seguidores, trata-se de mais uma grande experiência de vida de um Cirurgião Dentista que encontrou no relacionamento com os seus pacientes, um grande motivo para se tornar um escritor!

Conheça a sua obra: De Boca Aberta


segunda-feira, 19 de março de 2012

MUNICÍPIOS NÃO SE ADEQUAM À LEI Nº 11.889

É lamentável como as administrações municipais e as entidades responsáveis por concursos públicos, ainda continuam despreparadas com relação à legislação que regulamentou as profissões de Auxiliar em Saúde Bucal e Técnico em Saúde Bucal, mesmo após mais de 3 anos da vigência da Lei 11.889 de 24 de dezembro de 2008.
Em 2011 e no início de 2012, muitos concursos com provimento de vagas para ASB e TSB foram divulgados e realizados, sem que houvesse a incorporação dos requisitos oficiais inerentes aos cargos em seus editais.
Como exemplo, em  postagem do dia  27/02/2012, divulguei a abertura de concurso público pela Prefeitura de Cotia/SP, cujo edital apresenta erros crassos:

 Atribuições descritas no edital do concurso público em Cotia

Auxiliar de Saúde Bucal (A nomenclatura correta é Auxiliar em Saúde Bucal) 


Planejam o trabalho técnico-odontológico em consultórios, clínicas, laboratórios de prótese e em órgãos públicos de saúde. Previnem doença bucal participando de programas de promoção à saúde, projetos educativos e de orientação de higiene bucal. Confeccionam e reparam próteses dentárias humanas, animais e artísticas. Executam procedimentos odontológicos sob supervisão do cirurgião dentista. Administram pessoal e recursos financeiros e materiais. Mobilizam capacidades de comunicação em palestras, orientações e discussões técnicas. As atividades são exercidas conforme normas e procedimentos técnicos e de biossegurança.

Técnico de Saúde Bucal (A nomenclatura correta é Técnico em Saúde Bucal) 

Planejam o trabalho técnico-odontológico em consultórios, clínicas, laboratórios de prótese e em órgãos públicos de saúde. Previnem doença bucal participando de programas de promoção à saúde, projetos educativos e de orientação de higiene bucal. Confeccionam e reparam próteses dentárias humanas, animais e artísticas. Executam procedimentos odontológicos sob supervisão do cirurgião dentista. Administram pessoal e recursos financeiros e materiais. Mobilizam capacidades de comunicação em palestras, orientações e discussões técnicas. As atividades são exercidas conforme normas e procedimentos técnicos e de biossegurança.

Em primeiro lugar, as atribuições descritas não seguem o disposto na Lei 11.889 e na Consolidação das Normas para Procedimentos nos Conselhos de Odontologia.
Em segundo lugar, as atribuições descritas são identicas para os dois cargos, sendo que ao TSB é permitido outras atividades, além das exercidas pelo ASB.
Finalmente é proibido  tanto para o ASB como para o TSB a confecção de próteses, atribuição essa permitida ao Técnico em Prótese Dentária. (destaque em vermelho).
Apesar de não se justificar mais o desconhecimento por parte das Prefeituras e instituições que elaboram regras e gerenciam concursos públicos, cabe ao Conselho Federal e Conselhos Regionais de Odontologia criarem meios para divulgação mais efetiva a todos os municípios brasileiros, da normas que regulamentam o exercício das duas profissões, para que esses erros imperdoáveis não aconteçam mais.

domingo, 18 de março de 2012

ODONTOLOGIA EM DESTAQUE I - CIR Premier- HOSPITAL ODONTOLÓGICO


A Odontologia Hospitalar é um segmento que vem crescendo de uma forma irreversível no nosso país. A incorporação da Equipe de Saúde Bucal na rotina dos hospitais reveste-se de extrema importância, tanto nas atividades desenvolvidas em centros cirúrgicos como nas unidades de terapia intensiva e, ainda, nos próprios leitos hospitalares.
A evolução desse processo tem possibilitado e criação e implantação de hospitais exclusivamente odontológicos que vem beneficiar a atenção terciária na odontologia

O Hospital Odontológico CIR Premier é um dos exemplos existentes nesse segmento.
Localizado em Brasília, possui uma ótima estrutura física com laboratório de próteses, centro cirúrgicos, centro de esterilização, centro de radiologia e serviço de UTI móvel, além de um corpo clínico grande e variado, que contempla todas as áreas da odontologia, e que atua dentro de todos os protocolos de Biossegurança.

O CIR Premier conta com uma equipe de mais de 60 profissionais e uma estrutura altamente moderna. Com mais de 20 anos de experiência em tratamentos odontológicos avançados e mais de 22 mil implantes dentários realizados por seus profissionais.


Para atuar positvamente em pacientes com odontofobia, o CIR Premier disponibiliza a Sedação Leve com Óxido Nitroso, um gás com efeitos sedativos utilizado há mais de 100 anos em consultórios odontológicos nos Estados Unidos e regulamentado no Brasil pela Resolução 51/2004 do Conselho Federal de Odontologia (CFO). A Sedação Endovenosa é outro grande recurso utilizado no centro cirúrgico, realizada por um médico anestesiologista que oferece todo o suporte necessário às intervenções mais avançadas.

O Blog do Professor Edélcio Anselmo sente-se honrado em divulgar esse grande empreendimento na odontologia.

Conheça mais:
http://www.cir.com.br/



sábado, 17 de março de 2012

CUBATÃO TEM O IDSUS MAIS ALTO NA BAIXADA SANTISTA


O Ministério da Saúde divulgou no último dia 1º de março, o resultado final do IDSUS - Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde, ferramenta essa que avalia o acesso e a qualidade dos serviços de saúde no país. Criado pelo Ministério da Saúde, o índice avaliou entre 2008 e 2010 os diferentes níveis de atenção (básica, especializada, ambulatorial e hospitalar e de urgência e emergência).
Os indicadores levaram em conta a saúde bucal, a cobertura da vacina tetravalente, atendimento pré-natal, exames de monografia, entre outros.
O município de Cubatão recebeu a excelente nota de 6,61que está acima da média nacional registrada que foi de 5,47, ficando, ainda, à frente dos outros oito municípios da região metropolitana da baixada santista.
Porém, no que se refere à saúde bucal, apesar do excelente índice alcançado na cobertura populacional estimada pelas Equipes Básicas de Saúde Bucal, da ordem de 8,67, o resultado referente à média da ação coletiva de escovação dental supervisionada vem gerar preocupação, pois a marca atingida foi de 0,73.
No ano de 1998, o resultado final do Levantamento das Condições de Saúde Bucal no Estado de São Paulo, colocou Cubatão como o menor índice CPOD na faixa etária de 12 anos de idade (1.4), como resultado do ótimo Programa de Educação e Prevenção em Saúde Bucal que vigia na época.
Agora, o índice apontado pelo IDSUS, nos leva a refletir sobre o porquê desse resultado. Será que, com a ótima condição alcançada, aos poucos foi havendo uma acomodação, como acontece em jogo de futebol quando uma das equipes está ganhando? Não será necessário se resgatar e/ou incrementar as ações coletivas junto à população? Houve falha na trasmissão de dados? Como ex-servidor e por vários anos, responsável pelas ações de saúde bucal no município, sei muito bem do potencial dos profissionais gestores da Divisão de Odontologia, e, tendo ainda como Diretora de Atenção Básica, uma Cirurgiã Dentista, acredito que nossa cidade pode recuperar o título de Cidade Símbolo da Saúde Bucal, uma vez que essa é, com certeza a vontade da Prefeita Marcia Rosa.
Uma coisa é certa: a conquista de bons resultados não depende apenas da vontade do administrador, mas, também do envolvimento, compromisso e comprometimento de cada trabalhador da saúde, como muito bem ficou demonstrado no último dia 28, na Associação dos Cirurgiões Dentistas da Baixada Santista com a apresentação do Programa Aprendendo com Saúde, pela Coordenadora da Equipe de Saúde Bucal da Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina.
Esse programa ficou como exemplo para todas as cidades de nossa região, que, infelimente vem sofrendo uma descontinuidade em suas ações coletivas.
Com certeza absoluta, todos os profissionais Cirurgiões Dentistas e Auxiliares e Técnicos do Serviço Odontológico contribuíram com o seu esforço e dedicação para que a saúde como um todo alcançasse esse patamar, e creio que com um trabalho mais intenso de motivação profissional, nenhum deles deixará de envidar esforços de colaborar no sentido de potencializar as ações educativas e preventivas, e, assim o reconhecimento virá.
O Departamento de Odontologia em Saúde Coletiva e Departamento de Apoio ao ASB e TSB da ACDBS coloca-se à disposição da Prefeita Municipal, Secretária de Saúde,  Diretora de Atenção Básica e Gestores da Saúde Bucal e para o estabelecimento de um Programa de Educação Continuada e Motivação Profissional para os Cirurgiões Dentistas, Técnicos e Auxiliares em Saúde Bucal, no sentido de aprimorar os conhecimentos técnico-científicos.

Parabéns a todos os servidores da saúde cubatense por essa conquista!




quarta-feira, 14 de março de 2012

NOITE DE HOMENAGEM NA ACDBS

 Aconteceu ontem, 13 de março de 2012, reunião solene do Departamento de Ortodontia da Associação dos Cirurgiões Dentistas da Baixada Santista.

O Dr. Ricardo Horliana e demais membros do DO, receberam mais de 60 participantes no auditório da ACDBS para a palestra do Professor Doutor Marco Antonio Scanavini que abordou o tema "Evolução e Conquistas da Ortodontia na Baixada Santista"


O ilustre convidado traçou um histórico sobre essa importantíssima especialidade da odontologia, desde os seus primórdios, iniciando sua abordagem com a referência ao grande Pierre Fouchard, considerado o Pai da Odontologia Moderna. E, sucessivamente foi apresentando vários nomes responsáveis pela evolução das técnicas ortodônticas até chegar ao grande avanço da época atual. Scanavini fez referência também aos ilustres nomes da ortodontia santista através dos tempos e, dentre os quais eu destaco Francisco Damico, Fernando Durval de Souza Brito,  e, nomes mais recentes como Braz Antunes, Marcia Masi, Ricardo Horliana e a própria filha do palestrante, Carla Scanavini, entre tantos nomes.
Em um segundo momento, após a palestra, o Departamento de Ortodontia prestou uma homenagem ao Professor Scanavini pela sua história na ortodontia e na própria ACDBS, onde assumiu como presidente em 1973.
Em um discurso emocionado, sua filha Carla enalteceu a sua vida desde a cidade de Leme, no interior paulista, a sua vinda para Santos onde se estabeleceu com seu consultório e a sua vida acadêmica na Universidade de São Paulo e na Universidade Metodista de São Bernardo do Campo, pelas mãos do qual passaram muitos mestrandos na especialidade.
Braz Antunes, um dos discípulos de Scanavini também também mostrou a importância do Mestre desde a sua formação como Cirurgião Dentista e a sua introdução na ortodontia e a sua entrada na vida acadêmica pelas mãos de Marco Antonio.
Entre tantas homenagens, a estrela da noite recebeu das mãos de Ricardo Horliana e do Braz uma placa comemorativa a essa importante data.

Apesar da sua aposentadoria anunciada por ele mesmo, o mestre foi intimado pelo Coordenador, Dr. Ricardo Horliana  a se integrar ao Departamento de Ortodontia  no sentido de colaborar com a sua valiosa esperiência na participação nos evento do DO.
A noite científico-festiva terminou com um coquetel oferecido ao seleto grupo que prestigiou a palestra e as homenagens.

terça-feira, 13 de março de 2012

Ministro da Saúde participa de ações do Programa Saúde na Escola



O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, participou, na última sexta-feira 9 de março, de ações de prevenção à obesidade em escolas públicas de São Paulo. Padilha visitou o Centro de Educação Unificado Presidente Dutra localizada em Guarulhos (SP) e a Escola Municipal de Educação Infantil Monte Castelo, onde estudou quando criança. O ministro realizou atividades educativas e acompanhou o andamento de avaliação de saúde, incluindo medição e avaliação nutricional, oftalmológico e bucal, dos alunos. As ações fizeram parte da Semana Saúde na Escola, o pontapé inicial para ações de saúde com foco em obesidade que acontecerão durante todo o ano em escolas públicas que aderiram ao Programa Saúde na Escola, desenvolvido pelos Ministérios da Saúde e Educação. Segundo a Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), realizada entre 2008/2009 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), uma em cada três crianças com idade entre 5 e 9 anos estão com peso acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. Entre os jovens de 10 a 19 anos, 1 em cada 5 apresentam excesso de peso.

No Centro de Educação Unificado Presidente Dutra, o Ministro assistiu ao Teatro de Fantoches com o tema - “Alimentação Saudável” e da apresentação do rap composto exclusivamente para o Programa Saúde na Escola, pelo rapper Dudu Sá, que tem na letra o incentivo à adoção de hábitos saudáveis, como alimentação e práticas de exercícios físicos. “Queremos discutir como a escola pode ajudar na construção de hábitos mais saudáveis. É um passo importante para o Brasil que está sendo construído, já que o futuro do país são essas crianças e queremos que esse futuro seja saudável”, afirmou Alexandre Padilha. Ao falar da música, o rapper falou da felicidade de ser o porta-voz dessa grande ação. “O rap é uma música que chega às crianças e, com essa letra, pude dar minha contribuição para um país mais saudável”, ressaltou o rapper Dudu Sá.


Na Escola Municipal de Educação Infantil Monte Castelo, no bairro do Butantã em São Paulo onde  estudou quando criança, Alexandre Padilha participou de ações de saúde bucal. Foram instalados escovódromos e as crianças puderam aprender na prática como lavar corretamente as mãos e escovar os dentes, sob a orientação de profissionais especializados que deram instruções de higiene pessoal e bucal.
Essas ações foram desenvolvidas pela Equipe de Saúde Bucal do Programa Aprendendo com Saúde sob a coordenação da Dra. Fernanda Borges Rodrigues, com o apoio de equipamentos simplificados transportáveis que fazem parte do arsenal do programa.


Ao final da ação também foi entregue uma cartilha para que as crianças possam levar para casa e praticar os aprendizados em ambiente familiar, criando cada vez mais hábitos saudáveis. “As crianças são grandes multiplicadores, o que orientamos na escola as crianças repassam para o restante da família”, enfatizou Padilha.

Com essa visita do Ministro, espera-se que o Programa Aprendendo com  Saúde receba incentivo maior no sentido de ampliar a cobertura aos alunos matriculados nas unidades municipais de ensino, pois trata-se de um modelo de Atenção à Saúde Bucal dos escolares que poderia estar sendo viabilizado em outros municípios.

Fonte: Portal da Saúde



segunda-feira, 12 de março de 2012

A OUTRA FACE DO CIRURGIÃO DENTISTA VI - CAMILA GUIMARÃES




Dando continuidade à série "A Outra Face do Cirurgião Dentista", abro espaço hoje para falar de Dra. Camila Guimarães, que se tornou uma grande parceira não só na  Blogosfera Odontológica, mas que também, vem oferecendo assento no seu famoso Sofá, à grandes personalidades da odontologia brasileira e outras áreas relacionadas e também aos próprios pacientes do dentista. Apesar de não conhecê-la ainda pessoalmente, Camila vem se tornando uma grande amiga virtual a quem aprendi a admirar e dedico este capítulo desta série.

E para falar de Camila, nada melhor do que ela mesmo:

"Primeiramente gostaria de agradecer o convite para participar desse querido Blog, que já esteve presente no Sofá assim como o seu responsável, o Dr. Edélcio Anselmo.



Sou a única dentista da família, tenho pai bancário e mãe professora. Tios farmacêuticos e músicos. Avôs advogado e tratorista. Minha irmã? Estudante de engenharia e meus primos farmacêuticos e administradores. Enfim, comecei pelo mais difícil, achar meu lugar ao sol.


Estudei na UNIFEB, que na minha época era só FEB, em Barretos. Tive excelentes professores e fiz amizades eternas. Lá também conheci meu marido, que não era dentista, e sim publicitário.


Ao me formar, fiz como a maioria, fui trabalhar em uma clinica popular e me aventurar em Goiás. O que claro, não deu certo, me senti sozinha, me senti explorada e todo o meu dinheiro ia para conta de telefone/celular. A saudade era demais, o que me fez retornar a cidade onde meus pais moravam, que é onde me encontro até hoje, morando com o meu amor e batalhando no meu consultório.


Atualmente faço especialização em Periodontia na UNESP - Araraquara, área que sempre me chamou atenção, e, sem imaginar que hoje faria parte da minha vida, foi o tema do meu TCC na época da faculdade.


Escrever e me comunicar, sempre falou alto na minha vida. Se eu tenho um tempinho no meu dia a dia, corro pra internet, lugar onde “descarrego” minha opiniões e tento, de alguma forma, passar conhecimento às pessoas. Sou viciada em redes sociais, as uso para diversão e trabalho. Juntando tudo isso, resolvi criar um blog, o Sofá do Dentista.


Meu Sofá é um blog novinho, hoje completa 1 ano de vida. E me sinto muito orgulhosa em compilar uma variedade incrível de entrevistas que nos ajudam a “entender” melhor a odontologia onde nos espelhamos em tantas histórias sensacionais de colegas e pacientes.


É isso, faço da odontologia minha diversão também. E tudo que a gente faz com prazer, tem um resultado positivo. Se você consegue juntar o trabalho físico á satisfação em carregá-la contigo a outros meios, parabéns, você é um cara completo.


Vida longa ao Sofá, e que eu continue fazendo dele o meu portal de diversão.

Obrigada pelo convite Dr. Edélcio, você é um grande parceiro do Sofá do Dentista e eu fico muito feliz em dizer isso".

É muito importante para mim mostrar aos meus seguidores e aos simpatizantes da odontologia a outra face de colegas que buscam em outros afazeres, a saída da rotina profissional  e premiar a sociedade com obras diferentes daquelas para as quais foi formado.
Camila é um grande exemplo do artista em que o cirurgião dentista se tranforma, além das suas atribuições profissionais.
Parabéns ao Sofá e à sua autora e que continue por muito tempo nos premiando com grandes entrevistas!

Visite o Sofá do Dentista através do link:
http://www.sofadodentista.com.br/




sexta-feira, 9 de março de 2012

ODONTOLOGIA HOSPITALAR

Transcrevo abaixo o editorial da Revista da ABO nacional, escrito pelo Dr. Norberto Francisco Lubiana, Presidente da Associação Brasileira de Odontologia - Nacional

"Integração necessária

Entidades médicas caracterizam as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) como unidades dotadas de sistema de monitorização contínua que admitem pacientes potencialmente graves ou com descompensação de um ou mais sistemas orgânicos e que com o suporte e tratamento intensivos tenham possibilidade de se recuperar". Como profissionais de uma das melhores odontologias do mundo, conhecemos bem o conceito de saúde integral, que considera o efeito sistêmico da saúde bucal sobre o organismo do paciente, e sabemos o quão relevante é a presença do cirurgião-dentista em ambientes como as UTIs.
Esta edição da Revista ABO Nacional chama a atenção para essa presença, que, graças à evolução da Odontologia nacional, tem se tornado uma tendência não só a ser seguida, mas exigida pelas equipes multiprofissionais que lutam a favor da vida nesses centros de recuperação.
Apesar de a importância da higiene oral para a saúde integral do organismo beirar a obviedade, a presença do CD nas equipes multiprofissionais das UTIs ainda é tímida. Dessa forma, um sem-número de pacientes fica vulnerável a infecções hospitalares, especialmente respiratórias, devido ao descaso com a saúde bucal durante a internação.
O problema também é de saúde pública, já que complicações em tratamentos no sistema público de saúde são sentidas, ainda, no bolso do contribuinte e nas filas dos hospitais.
Esforços estão sendo feitos pela ABO para conscientizar sobre a necessidade de maior integração entre a Odontologia e a Medicina, seguindo o trabalho que já vem desenvolvendo a FDI, por meio do intercâmbio de informações entre as representações profissionais em âmbito mundial.
Esperamos que a ação das entidades encontre eco em todo o meio médico-odontológico e que possamos mudar esta realidade em um futuro próximo."

O meu comentário 

Estamos vivendo um momento ímpar na busca da valorização da Odontologia. Em virtude das dificuldades que o Cirurgião Dentista vem encontrando para o exercício pleno da profissão, com alto grau de concorrência, submissão a péssimos planos de saúde, sujeição à empresas exploradoras e os péssimos salários pagos pelo setor público em muitos municípios brasileiros, a busca de boas alternativas torna-se um dos caminho certos para o reequilibrio da profissão.
A prática da Odontologia Hospitalar que, até então, se restringia a esforços de profissionais abnegados no sentido de exercer a Especialidade de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial nos Centros Cirúgicos de Complexos Hospitalares, e que ainda encontra alguma resistência por parte de gestores da medicina, começa a ser incrementada com propostas de incluir o Cirurgião Dentista  nas equipes mínimas multiprofissionais que atuam nas Unidades de Terapia Intensiva.


Como muito bem disse o Dr. Norberto no texto acima,  a presença do profissional da odontologia nesse contexto, torna-se acão de extrema importância, em vista da necessidade de se adotar procedimentos preventivos e assistenciais em saúde bucal, para se consolidar cuidados para com a saúde integral do paciente internado em UTIs.
Eu vou mais além, ainda, assinalando para a necessidade da inclusão de ASBs e TSBs - Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal, que tem a sua importância, assim  como o Auxiliar e Técnico de Enfermagem, nos cuidados com os pacientes em recuperação nos quartos e enfermarias hospitalares. Esses profissionais auxiliares do Cirurgião Dentista podem realizar vários procedimentos educativos e preventivos que venham a colaborar na recuperação do paciente acamado, contribuindo, ainda na manutenção do novo estado de saúde adquirido com o tratamento hospitalar. A sua atuação, ainda pode e deve ser extendida para as UTIs,
Para escudar essa atuação transcrevo abaixo uma das competências desses profissionais que constam da Lei  Nº 11.889 de 24 de dezembro de 2008 :

TSB
Artigo 5º
Ítem IV - auxiliar e instrumentar os profissionais nas intervenções clínicas, inclusive em ambientes hospitalares;

ASB
Artigo 9º
Ítem IV - auxiliar e instrumentar os profissionais nas intervenções clínicas, inclusive em ambientes hospitalares;

Cabe, porém a nós profissionais da odontologia, de todos os níveis, fazermos eco a essas iniciativas que estão se rompendo pelo Brasil afora, e engrossarmos o exército que busca a recuperação da dignidade da odontologia brasileira

FONTES:
Texto em negrito - Revista ABO Nacional

Foto - Atendimento Odontológico em UTIs do Município de Cianorte/PR
Dra. Regiane C. Romano Mafra Fernandes
Dr. Robson Fernando Gonçalves Lopes




quarta-feira, 7 de março de 2012

DIA INTERNACIONAL DA MULHER E A ODONTOLOGIA

Mais uma vez, neste dia 8 de março de 2012, comemoramos o Dia Internacional da Mulher.

Dentre todas as datas comemorativas, considero uma das mais importantes, pelo simples fato de a mulher, uma das obras mais divinas de Deus, já recebeu a incunbência da geração de todos os seres humanos do nosso planeta.
Por muitos séculos o seu único papel no mundo foi a gestação e a responsabilidade de cuidar de casa e da família, o que é um destaque, mas um papel muito limitado para esse ser iluminado por Deus.
Que me desculpe, onde esteja, o nosso querido Mário Lago, mas a personagem de Amélia, não cabe mais no teatro da vida da mulher.
Hoje, a mulher de verdade transcende os caminhos do recinto doméstico.
Não acha mais bonito passar fome ao nosso lado. Vai em busca do que comermos!
É um verdadeiro esteio da família moderna, e assim como o homem, assume a responsabilidade dividida em todos os campos sociais.
Tornou-se a grande protagonista da história atual!

Vejam os meus amigos e seguidores deste Blog, que hoje, nós, brasileiros, somos governados por uma mulher, na qual aliás eu não votei, mas, tenho que reconhecer o seu grande valor como gestora dos destinos deste país.
A Presidente Dilma vem surpreendendo muita gente contrária à sua eleição, na defesa da soberania do Brasil, como aconteceu recentemente em sua manifestação na Alemanha.


Mas, como este Blog é dedicado à odontologia, eu não poderia deixar de me referir à grande participação da mulher nessa área importante do desenvolvimento social, em vista da grande maioria de mulheres que dominam a profissão odontológica, não só no nível superior, mas, também no nível auxiliar e técnico.
Desde que passei a me dedicar aos cursos de capacitação e formação de Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal e agora de Técnicos em Prótese Dentária, venho percebendo que nos dois primeiros casos o domínio feminino é quase que total, e no último, numa profissão exercida primordialmente por homens, as mulheres vem ampliando a sua base de participação.


No meu município, Cubatão, além da Prefeita Marcia Rosa, que tem o professorado como profissão, a Secretária de Saúde é comandada por uma mulher, Rosana Grasso, enfermeira, e, melhor ainda, tem como Diretora de Atenção Básica uma Cirurgiã Dentista, Caroline Sierra, além da Divisão de Odontologia que tem Déborah Antiório e Marsia Patavino nas chefias dos serviços odontológicos ambulatorial e de procedimentos especializados e, ainda Débora Sueli, também Cirurgiã Dentista, como responsável pela educação continuada da Divisão de Atenção Básica.
À frente dos Departamentos de Odontologia em Saúde Coletiva e de Apoio ao ASB e TSB da Associação dos Cirurgiões Dentistas da Baixada Santista, a divisão de minhas responsabilidades é só com representantes do sexo feminino, onde Renata Freitas, entre outras, é minha  parceira inseparável, que vem demonstrando uma capacidade de criatividade e ação  incondicionais e que tem me ajudado a levar os nossos projetos a um alto grau de consecussão.


Recentemente, tivemos um exemplo da sua importância na saúde coletiva, quando tivemos a honra de receber em nossa associação a presença das Cirurgiãs Dentistas Fernanda Rodrigues, Camilia Fragata e Juliana Alves e a TSB Micheli Milan para apresentar o ótimo trabalho que a Equipe de Saúde Bucal da SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina realiza no Programa Aprendendo com Saúde da Prefeitura de São Paulo, onde, é claro, a maioria dos membros da equipe é constituída por mulheres.


Enfim, que me desculpem os homens, mas, hoje as minha palavras são todas dedicadas àquela que é a razão do nosso viver: A MULHER!
E, como ficaria muito difícil eu nominar cada uma que representa condignamente a classe odontológica, em nome da minha amiga Maria Regina da Silva Amorim, Cirurgiã Dentista, Coordenadora dos Cursos de ASB, TSB e TPD da ACDBS e Instituto Educacional Lupe Picasso Do Bosco de Santos e, ainda em nome de minha esposa, Luciane do Carmo Silva Anselmo, Técnica de Serviço Odontológico da Prefeitura de Cubatão, eu quero aqui homenagear todas as profissionais do Brasil e do mundo inteiro, seja de nível superior, técnico ou auxiliar, que se dedicam à valorização da odontologia pública e privada.

Um grande abraço à todas as mulheres!

terça-feira, 6 de março de 2012

A OUTRA FACE DO CIRURGIÃO DENTISTA - ROGÉRIO PEDROSO DA SILVA

Como muitos colegas homens também não se dedicam exclusivamente à odontologia e se aventuram a desenvolver hobbies até para compensar a clausura que é o consultório dentário, eu resolvi incluir os Cirurgiões Dentistas nessa série que comecei a publicar em janeiro, por isso já mudei o nome para "A OUTRA FACE DO CIRURGIÃO DENTISTA", assim eu posso abranger os dois sexos.
Vou falar então hoje de Rogério Pedroso da Silva, formado em odontologia em 1996 pela Universidade Santa Cecília dos Bandeirantes.
Em 1994, Rogério ingressou na Prefeitura Municipal de Cubatão, vaga conquistada através do concurso público de 1992.
Em 1995, um ano após o ingresso no funcionalismo público foi convidado a assumir o posto da Casa da Esperança de Cubatão Dr. Leão de Moura, onde passou a atender Pacientes Portadores de Necessidades Especiais e, desde então com breves hiatos, principalmente, por ter assumido por algum tempo a Chefia do Serviço de Procedimentos Especializados Odontológicos, vem sendo essa a sua atividade principal na  saúde bucal de Cubatão.
Desde o início, Rogério mostrou-se um profissional sério e competente, desenvolvendo uma capacidade ímpar para atender esses pacientes que necessitam de atenção além de profissional, muito humana, devido à sua condição especial.
O interesse despertado por essa especialidade, fez com que ele passasse a se aprimorar nos conhecimentos específicos e, com isso, foi incorporando novas atividades que lhe permitiram conquistar a confiança de todos os gestores de saúde bucal que passaram pela Divisão de Odontologia nesses 17 anos.

Atualmente Rogério se divide em 3 áreas de atuação, onde exerce as suas funções com maestria:   
1 - Centro Cirúrgico do Hospital Dr. Luiz Camargo da Fonseca e Silva no atendimento com Anestesia Geral ao paciente Portador de Necessidades Especiais;



2 – Junto ao Programa de Atendimento Domiciliar (PAD) ainda tendo como foco o Paciente Portador de Necessidades Especiais;



3 – Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) no atendimento ao paciente portador de Doenças Sexualmente Transmitidas (DST) e também ao Portador de Necessidades Especiais.


Mas, não fica só nisso, pois trabalha também em consultório particular nas áreas de Implantodontia, Prótese e Disfunção Temporomandibular.

Com tanta dedicação, no cumprimento ao juramento prestado no dia de sua colação de grau, é claro que Rogério teria que se dedicar à uma outra atividade que lhe proporcionasse um relaxamento físico e emocional.
E, assim, passou a se dedicar à paixão já despertada na sua infância: a MÚSICA!

Assim como algumas pessoas alugam quadras esportivas para a prática de futebol e outros esportes, ele e alguns colegas, periodicamente, alugam um estúdio de música que tem, como função principal, exorcizar os demônios que vêm em contrapeso nas atividades diárias.

Tocam aquele bom e velho Rock’n Roll (Nacional e Internacional) e até se arriscam em algumas apresentações na Associação Dos Médicos de Santos.
E aí fica a dica: A ACDBS - Associação dos Cirurgiões Dentistas da Baixada Santista, pode e deve prestigiar esse grande profissonal e representante da categoria odontológica e incluir ele e sua banda na promoção dos eventos que realiza em sua sede.

Parabéns, meu caro amigo Rogério, por representar condignamente a nossa classe e por ser um exemplo não só para os Cirurgiões Dentistas, mas para todos àqueles que militam na saúde pública!  





sábado, 3 de março de 2012

Governo entrega 100 Unidades Odontológicas Móveis



O Ministério da Saúde entregou, nesta sexta-feira 02 de março de 2012, 100 Unidades Odontológicas Móveis (UOMs) a municípios inseridos no Plano Brasil Sem Miséria. A população de 16 estados será beneficiada com veículos (vans) que oferecem gratuitamente tratamento clínico odontológico, além de ações de promoção e prevenção à saúde bucal. Cada UOM tem capacidade para realizar até 350 atendimentos por mês.
A entrega ocorreu na fábrica das unidades que fica localizada em Tatuí (SP) e contou com a participação do Diretor da Atenção Básica do Ministério da Saúde, Hêider Pinto, e o Coordenador de Saúde Bucal do ministério, Gilberto Pucca, que também coordena o Programa Brasil Sorridente. O Ministério da Saúde investiu R$ 15,4 milhões na compra dos veículos e equipamentos e é responsável pelo custeio desses serviços, para o qual o investimento chega a R$ 5,6 milhões por ano. Os municípios contemplados com a entrega das 100 UOMs (confira a relação das cidades beneficiadas ao final do texto) também receberão um incentivo financeiro de R$ 3,5 mil para a aquisição de instrumentais odontológicos, como pinças, espelhos e curetas.

“Essas unidades vão para municípios abrangidos pelo Plano Brasil Sem Miséria, próximo a áreas rurais e quilombolas. Com essa ação, estamos levando a saúde bucal aos locais que têm dificuldade de acesso aos serviços de saúde”, enfatiza o diretor Hêider Pinto. A medida está inserida na Rede Saúde Mais Perto de Vocêcesso e Qualidade, que estabelece metas de qualidade a serem cumpridas pelos municípios.

ASSISTÊNCIA – “Toda a população é beneficiada pelas Unidades Móveis Odontológicas porque elas, inseridas no Programa Brasil Sem Miséria, seguem o princípio da universalidade do SUS”, reforça o coordenador Gilberto Pucca. As Equipes de Saúde Bucal – compostas por cirurgião-dentista, auxiliar de saúde bucal e técnico de saúde bucal – farão o atendimento nas unidades móveis.
As UOMs farão o encaminhamento, para os Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs), dos casos que necessitarem de tratamento odontológico mais complexo. No caso das próteses (dentaduras), a parte clínica poderá será feita na própria unidade móvel. Apenas a parte laboratorial será encaminhada aos Laboratórios Regionais de Prótese Dentária.
As UOMs contam com um consultório odontológico equipado com cadeira odontológica, kit de pontas (conhecido como “motorzinho do dentista”), mocho (cadeira do dentista), refletor, amalgamador e fotopolimerizador (materiais que fazem o preparo dos materiais utilizados nas restaurações dos dentes), raio-X odontológico e autoclave para esterilização do material.
Além disso, todas as unidades possuem ar-condicionado, pia para lavagem das mãos, reservatórios de água, armários para armazenagem de material e, acoplado ao veículo, uma carroceria que carrega um gerador, responsável por fornecer energia ao consultório.

FONTE: Ministério da Saúde - Coordenação Nacional de Saúde Bucal



quinta-feira, 1 de março de 2012

São Bernardo, Osasco e Suzano recebem Programa Nacional de Saúde Bucal



Com a proposta de oferecer assistência em saúde bucal aos alunos inscritos no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o novo projeto do Ministério da Saúde foi anunciado em fevereiro na cidade de São Bernardo, primeiro município a receber o programa no estado, seguido de Suzano e Osasco. “Essas cidades foram selecionadas por já possuírem uma rede de atenção à saúde bucal organizada e reconhecida, além de participarem do PRONATEC”, explica o critério de escolha, o coordenador nacional de Saúde Bucal, Gilberto Alfredo Pucca Júnior.
A expectativa é que o atendimento comece em março, junto com o início das aulas. “Nestas três cidades temos a previsão de avaliação das condições de saúde bucal e atendimento para todos os matriculados, um total aproximado de duas mil pessoas”, afirma o coordenador. “Além disso, por se tratarem de pessoas que vivem em situações de vulnerabilidade social, também estenderemos o atendimento aos familiares dos estudantes”, completa.
A ideia do programa é aliar o atendimento odontológico a capacitação profissional. “Ao final do curso, os formandos terão, além de capacitação técnica, condições de saúde adequadas para ingressarem no mercado de trabalho”, avalia Pucca. Os estudantes receberão orientações sobre os cuidados com a boca e passarão por uma avaliação geral feita por uma equipe de cirurgiões-dentistas da rede municipal de Saúde. Se necessário, serão encaminhados à Unidade Básica de Saúde mais próxima com prioridade para o tratamento.
Esse programa incorpora o Ministério da Saúde, o Ministério da Educação e o Ministério do Desenvolvimento Social, e prevê atividades ainda neste semestre em mais quatro municípios no Pará e dois na Paraíba. “A partir da experiência nestas nove cidades, vamos formatar uma proposta única de adesão ao projeto e estendê-la a todos os municípios que possuam alunos matriculados pelo Pronatec ou Mulheres Mil”, conta o coordenador Gilberto Pucca. “A Odontologia precisa ocupar um lugar social maior que vinha ocupando, precisamos ousar”, conclui.

Fonte: CROSP